AS OPORTUNIDADES NO MERCADO DE TV
15 de fevereiro de 2019

PROVEDORES E FIBRA ÓPTICA LIDERAM MERCADO DE BANDA LARGA

Segundo dados divulgados pela Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações em fevereiro, o mercado de banda larga fixa no Brasil fechou com 31.048.219 acessos em dezembro de 2018. Os destaques ficaram por conta dos provedores de Internet e do crescimento da fibra óptica, que possibilitou o avanço das conexões de banda ultra larga, acima de 34 Mbit/s. Essa faixa encerrou o ano com 8,099 milhões de acessos, um avanço de 88,94% em comparação com os resultados de dezembro de 2017 (3,812 milhões de acessos a mais). As taxas entre 2 e 12 Mbit/s ainda representam a maior base no Brasil, com 9,772 milhões de usuários, mas têm caído mês a mês, dando lugar para as velocidades maiores.

Os provedores de Internet lideraram as adições mensais. Tiveram avanço de 2,041 milhões de contratos em 12 meses (um aumento de 48,52%), respondendo por quase todo o crescimento do mercado de banda larga fixa no ano (6,249 milhões de conexões). Em dezembro, eles avançaram para o terceiro lugar na participação dos grupos econômicos (market share de 20%), passando à frente da Oi (19%). A fibra óptica tem 5,42 milhões de acessos, o que representa 17,5% de participação nas tecnologias de acesso. Os cabos metálicos, como xDSL, ainda lideram, com 54,3%, mas vêm apresentando desconexões. 44,6% dos domicílios no Brasil contam com banda larga fixa, mas os índices variam conforme região. Enquanto no Sul e Sudeste o percentual é acima de 60%, no Piauí o percentual é inferior a 15%. No Norte e Nordeste é de 15% a 30% e no Centro-Oeste o índice varia entre 30% e 45%. Os dados completos podem ser conferidos no site da Anatel.