Programação do Congresso

Dia 11 de abril

Grade atualizada no dia 03/04

Fortaleza cidade competitiva

​Paulo Barbosa, Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura Municipal de Fortaleza

A cidade de Fortaleza vem se apresentando como protagonista na atração de novos negócios no Brasil, fortalecido pela sua posição geográfica, clima e capital humano. Este processo se fortalece a medida que as políticas públicas se intensificam em prol de torna Fortaleza uma cidade mais desenvolvida e atrativa para investidores e população local. Neste sentido foi lançado em 2017 o Programa Fortaleza Competitiva que busca desenvolver um ambiente de inovação e geração de oportunidades na cidade com ações voltadas, principalmente, para a desburocratização e o desenvolvimento de incentivos e regulamentações.


Evolução tecnológica e perspectivas do mercado de banda larga no Ceará

Gilberto Studart Gurgel Neto, Anatel

Em meio ao crescimento do mercado de tecnologia da informação, o segmento de conexões de cabos ópticos internacionais vem merecendo especial destaque. Neste cenário a cidade de Fortaleza desponta, tanto por sua especial localização geográfica, como também pela vocação tecnológica/empreendedora de seu povo, características que enaltecem o potencial do mercado de banda larga no Ceará. A perspectiva de crescimento da infraestrutura de interconexão internacional vai de encontro a intenção do Ceará de se tornar um hub internacional de telecomunicações (ponto de transferência de dados de alto tráfego de informações), o que poderá abrir oportunidades para provedores de internet e de serviços de data centers, tornando o Estado potencialmente atrativo à recepção de investimentos.


Coffee-break e trade show

Internet para todos

Américo Tristão Bernardes​, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

A palestra apresentará os detalhes e como aderir ao Programa Internet para Todos, lançado pelo Governo Federal para levar banda larga a milhares de localidades no país que ainda não têm conectividade. As conexões do programa serão feitas por meio do SGDC - Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, em órbita desde maio de 2017. Prefeituras, hospitais e escolas serão beneficiados pelo programa, bem como a população dessas localidades.


Tocando o futuro

Renan Hannouche Torres, HostDime

Nós estamos vivendo em um mundo de mudanças exponenciais e continuamos tendo posturas lineares. Nós iremos entender melhor como tomarmos as atitudes certas para sermos arquitetos do nosso futuro e não vítimas.


Coquetel

Dia 12 de abril

Grade atualizada no dia 15/03

Como e por que se tornar um Sistema Autônomo

Eduardo Barasal Morales, NIC.br

A importância de se tornar um AS - Sistema Autônomo consiste na obtenção dos recursos de numeração (ASN, endereços IPv4 e IPv6) e permite ao provedor evitar o uso de endereços privados e NAT, além de facilitar a obtenção de uma conexão de trânsito redundante, conectar-se ao projeto do IX.br (PTT), entre outras vantagens.


Redes ópticas para a era Zettabyte

Marco Scocco, Sterlite Conduspar

A revolução nas comunicações mundiais, evidenciada pelo crescimento exponencial do tráfego de dados, rompe a barreira dos Zettabytes por ano. Correlacionada diretamente a este crescimento, está ocorrendo a implantação de fibras ópticas em volumes sem precedentes na história. No Brasil, observa-se um expressivo crescimento do número de provedores regionais implantando redes ópticas, no acesso FTTx, em redes metropolitanas e backbones intermunicipais. Para que este empreendedorismo possa ser traduzido em infraestruturas robustas e adequadas à Era Zettabyte, é importante conhecer as tendências, experiências e práticas que estão sendo adotadas em outros países. Planejamento estratégico, otimização do investimento e confiabilidade das redes ópticas são pontos chaves a serem analisados.


Coffee-break e trade show

Resolução 680/2017, vantagens e obrigações do pequeno provedor

Renato Sales Bizerra Aguiar, Anatel

Em junho de 2017, a Anatel aprovou o novo regulamento sobre Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita e alterou os Regulamentos dos Serviços de Telecomunicações, do SCM - Serviço de Comunicação Multimídia e do SLP - Serviço Limitado Privado. O objetivo da resolução é simplificar regras para início da prestação de serviços de telecomunicações, em especial para os provedores de internet. Entre as alterações está a dispensa de autorização para prestação de SCM e SLP, nos casos em que as redes de telecomunicações de suporte à exploração do serviço utilizarem exclusivamente equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita e/ou meios confinados. No caso do SCM, a dispensa se aplica às prestadoras com até 5000 acessos em serviço. A apresentação vai detalhar a Resolução 680 e o que muda para o pequeno provedor, suas vantagens e obrigações.


IoT - Oportunidades de negócios para os provedores de Internet

Glauber de Luna Santos, Mob Telecom

A apresentação mostrará o cenário do mercado de IoT - Internet das Coisas no Brasil e de que forma os provedores de Internet podem identificar as oportunidades na qual eles possam utilizar suas redes para prover serviços, agregar valor e aumentar receita.


Almoço


Atualidades legislativas para os provedores: reforma trabalhista e o novo Simples Nacional

Cristiane Sanches de Souza Corrêa, Abrint

A palestra abordará as últimas mudanças legislativas e regulatórias que impactam diretamente os provedores de acesso a internet. Será apresentado um compilado crítico do atual cenário de tributação, a perspectiva de reforma tributária, a dispensa de outorga pela Anatel e a reforma trabalhista pós medida provisória.


Linhas de crédito para provedores

André de Castro Pereira Nunes, Finep

A palestra apresentará os detalhes da linha de crédito para a compra de equipamentos de telecomunicações para provedores de Internet da Finep, braço de investimentos em tecnologia e inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Quem tem direito ao crédito, quais são as condições e que projetos já foram aprovados pelo Programa de Apoio à Aquisição Inovadora em Empresa de Telecomunicações, lançado em junho do ano passado, estão entre os temas a serem discutidos.


Coffee-break e trade show

Painel de debates:
Empreendedorismo, desafios e recomendações para o
sucesso dos provedores

André Luís Martins Ribeiro, AR1 Services
Nicolas Pinheiro Bueno, INB
Nicola Sanchez, Empreender.ISP

Provedor de Internet é um empreendedor. Os números mostram que vender banda larga é extremamente rentável. Há muitos casos de profissionais que começaram suas empresas praticamente do zero e hoje contam com operações bem estruturadas, receitas milionárias e planos ambiciosos de investimentos. São executivos altamente respeitados nas cidades onde atuam e no mercado. Ganham espaço na imprensa por serem inovadores e visionários, por saberem identificar oportunidades e transformá-las em negócios lucrativos.

O painel mostrará os caminhos para transformar esse sonho em realidade. Três dos mais respeitados consultores do setor estarão juntos para compartilhar seus conhecimentos em gestão e marketing, com informações estratégicas tanto para quem já está no mercado como para quem pensa em entrar agora.


Encerramento