Programação do Congresso

Dia 05 de Abril

Grade atualizada no dia 20/03

Abertura do evento e boas vindas

Roberto Claudio, Prefeito de Fortaleza

André Müller Borges, Secretário de Telecomunicações, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e Inovações

Agenda de Trabalho do Ministério da Ciência, Tecnologia, Comunicações, Inovações e Comunicações


Fortaleza como hub internacional de telecomunicações e serviços de nuvem: incentivos e a vocação da cidade

Mosiah de Caldas Torgan, Secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Fortaleza

Com uma população estimada em 2.571.896 habitantes e com uma área territorial de 314,930 km², Fortaleza é a capital que mais cresce no Nordeste brasileiro. A cidade possui a 2ª maior área de influência do Brasil em número de municípios (786 cidades) e possui o segundo maior PIB da região Nordeste do Brasil, com um total de R$ 49.745.920,40. O Programa de Apoio a Parques Tecnológicos e Criativos (PARQFOR), executado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), apoia empreendimentos que atualmente somam 11 Áreas Parques com o objetivo de consolidar o potencial da cidade de Fortaleza como um hub internacional de telecomunicações. A ampliação do número de cabos submarinos de fibra óptica e de Data Center são exemplos da prospecção de investimentos que resultou na parceria da Prefeitura de Fortaleza e a empresa Angola Cables, responsável pela implantação dos cabos submarinos Monet e SACS, e do Data Center. Essas ações estão voltadas para desenvolver o Parque Tecnológico e Criativo da Praia do Futuro e tornar essa região da cidade um Hub Internacional de Telecomunicações. ​


Coffee-break e Trade Show


Painel de discussões: Cabos submarinos aportam em Fortaleza

Rafael Sgrott, Country Manager Brasil da Telxius Cable
Joselito Bergamaschine – Diretor Regional de Vendas da GlobeNet Cabos Submarinos
Rafael Pistono, Diretor Geral da Angola Cables no Brasil

Cidade da América Latina com a maior quantidade de cabos submarinos de fibra óptica ligando o Brasil à América do Norte, América Central, África e Europa, Fortaleza atrai a atenção de empresas de tecnologia e caminha para se tornar um importante hub de telecomunicações. Hoje, todo o tráfego de dados entre a América Latina e o resto do mundo passa, necessariamente, pela capital cearense, graças à posição geográfica da cidade, que é favorável em relação às distâncias para outros pontos do globo. Hoje aporta oito cabos submarinos e deverá receber mais cinco nos próximos anos. O painel vai reunir três operadoras internacionais para apresentar seus planos de investimentos e como a chegada dos cabos submarinos pode melhorar a conectividade para as empresas brasileiras de Internet e data centers e fomentar o mercado de tecnologia no Nordeste.

Palestra Especial

Marcos Pontes, Astronauta Brasileiro

Como reacender em cada participante a "chama do sonho" e a motivação em lutar para realizá-lo, sempre segundo seus princípios e valores? Na palestra, Marcos Pontes conta sua história de vida, desde sua infância pobre na periferia de Bauru, no interior de São Paulo, passando pelo treinamento de astronauta e as emoções ao ver a Terra do espaço. O palestrante enfatiza conceitos e ideias que foram essenciais para que tivesse sucesso nos desafios daquela fase da vida, assim como as lições aprendidas com as dificuldades e problemas enfrentados.


Encerramento


Coquetel


Programação do Congresso

Dia 06 de Abril

Grade atualizada no dia 22/03

Credenciamento


O papel dos provedores regionais frente o novo marco legal do setor

Helton Posseti, Gerente Executivo da Abrint

Governo altera a LGT - Lei Geral de Telecomunicações para permitir que as concessionárias adaptem as suas outorgas para termos de autorização, destinando os recursos dos bens reversíveis e de outras fontes para a expansão das redes de banda larga. O PLC 79/2016, contudo, ignora que a expansão da banda larga está sendo feita pelos provedores regionais e permite que esses investimentos sejam feitos nos municípios onde os provedores já atuam.


Segurança para provedores de Internet: como evitar ataques de DDoS

Eduardo Maffessoni, Engenheiro e Instrutor da Arbor Networks

São cada vez mais frequentes os ataques distribuídos de negação de serviços (DDoS) nas redes dos provedores de Internet. As vulnerabilidades podem colocar em risco a confiabilidade dos serviços prestados, além de causar enormes prejuízos. A palestra mostrará quais são os principais tipos de ataques e como se defender.


Coffee-break e Trade Show


Impacto socioeconômico do Cinturão Digital do Ceará

Pablo Ximenes, Superintendente Adjunto do Detran-CE

A construção do Cinturão Digital faz parte do plano estratégico do Ceará para melhorar a qualidade da conexão e reduzir os custos com telecomunicações. A rede óptica, com mais de 3400 km de fibra, cobre os 184 municípios cearenses e está disponível para os provedores e prefeituras. A apresentação mostrará como os interessados poderão se conectar à rede.


Open Connect Program - Possibilidades de parceira com a Netflix

Caio Misticone, Partner Engagement Manager da Netflix

A apresentação abordará o Programa Open Connect e as possibilidades de parceria entre ISPs e a Netflix, seja através da instalação de OCAs (Open Connect Appliances) ou através de conexões de peering públicas ou privadas. Também serão abordados os requisitos para elegibilidade do OCA, tipos de hardware disponíveis, roteamento de tráfego e o mais novo PoP da Netflix em Fortaleza.

Almoço


4G LTE para operadoras – Desde a teoria até a implementação de um negócio rentável

Ricardo Pence, Diretor Canais América Latina da Telrad Networks

A apresentação mostrará se o modelo de negócios com redes 4G LTE bate com a realidade da operadora, fornecendo as respostas sobre a incorporação ou não da tecnologia na sua operação.


Projeto de FTTH – Fiber to the Home

Igor Barbosa, Gerente de Fibra Optica da Brisanet

Igor Barbosa é engenheiro em eletrônica formado em 2005 pela Universidade de Fortaleza e tem trabalhado no desenvolvimento do projeto de redes óptica da Brisanet desde o seu inicio em 2010. Pós-graduando em Gerencia de projeto e com 7 anos de experiência em projeto de redes ópticas, tem otimizado todo o processo desde a decisão de implementar a rede até a ativação dos assinantes.


Coffee-break e Trade Show


Uso da tecnologia DWDM na rede da operadora

Filipe Abelha Melo, Diretor de Operações e Projetos da Wirelink Telecom

A palestra apresentará a experiência da operadora Wirelink com a adoção de DWDM - multiplexação densa por comprimento de onda. A tecnologia permitiu agregar uma capacidade de 100 Gbit/s à estrutura, além de ampliar o atendimento de clientes corporativos, usuários finais e OTTs na região coberta.


Inovando a gestão em ISPs

Nicolas Bueno, Consultor do Instituto Nicolas Bueno

Seu provedor tem mais "funcionários" ou "colaboradores"? A apresentação mostrará como desenvolver líderes em ISPs, definir metas para todos os setores e acompanhá-las ao longo do trimestre, tornar treinamentos parte do dia a dia dos provedores, melhorar os processos em ISPs e fazer pesquisas de satisfação.


Encerramento